De volta

Image

 

Pessoal, depois de um descanso (que ninguém é de ferro!), voltamos a publicar algumas coisas aqui no blog. Achei um presente que ganhei da Julia, um texto escrito no dia dos Pais. Está logo aí embaixo. Agora, esta imagem aí de cima é a reprodução da capa de uma das historinhas em quadrinho que a Julia costuma(va) fazer.

Até a próxima!

(Faber)

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“Livro mais importante do mês de agosto, dia 11”

PARTE 1

Produto = Pai

Modo de usar:

– sempre dá uma pitada de amor em seu dia

– sem mau humor

– perfeito pra pedir (uma grana ou até um carro)

– cuidados

– não o irrite

 

Mantenha ao alcance de criança. Acima de 18 anos continue usando.

Ele vai ser seu companheiro e nunca vai te abandonar.

E lembre-se: é um bom ombro para chorar e se abrir

 

PARTE 2

 

PAI

Pai ali

Pai aqui

E eu vou chegar a tempo

Lutando contra o vento

Para dar um abraço

E dar um laço

Em seu presente

Contente, sim é

Diferente, nunca

Me viu tirar o dente

Mas lembro de uma canção

Do meu paizão

Que guardo em meu coração

 

(Julia Fraga)

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Julia vai ao cinema: uma entrevista

Fomos ao cinema assistir a Em Chamas, o segundo filme da trilogia Jogos Vorazes. Depois, conversei um pouco com a Julia sobre o filme.

 Você gostou mais do Jogos Vorazes 1 ou do 2?

Eu gostei mais do um. Falando do segundo filme, ele é muito confuso, mas é um filme muito bom.

Como assim, confuso?

-Bom, cada hora dá uma informação completamente diferente. Por exemplo, como o Peeta foi parar na Capital?

Qual a cena ou sequência que você achou mais marcante no 2?

A última cena, pois ela é a mais emocionante.

Quem, para você, trabalhou melhor como ator/atriz?

Eu não sei, pois todos trabalharam muito bem. Mas posso destacar o personagem do Philip Seymour Hoffman, o Plutarch Heavensbee.

O filme fala de uma sociedade no futuro em que um jogo violento com adolescentes serve de entretenimento para as pessoas. Você acha possível isso acontecer?

Eu acho que sim pois no mundo dos dias de hoje está muito ruim tenho medo até de acontecer um apocalipse zumbi (rsrsrsrsrs)

                                                                                                                                                         (Julia e Faber)

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Novo Texto em Breve

Gente desculpe a demora vamos postar dois textos amanha 

só demoramos assim pois essa semana e semana passada foi uma época de prova da Julia 

beijinho esperem ate amanha

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Primeira Impressão

Quando eu te vi

Pensei em um milhão de coisas

Voar  com minhas asas imaginárias

Lutar contra Golias

Com pedrinhas e palmilhas

Comprei um chafariz

E no final

Fiquei feliz

Tirando que quebrei o nariz

(Julia Fraga)

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 6 Comentários

Enquanto a Julia não vem

Pessoal, a Julia e a Sofia foram fazer sua primeira viagem de trem juntas (com a mãe delas, claro!). Para não deixar o blog assim sem nada, publico duas imagens relacionadas com dois livros para crianças que lancei este ano, pela Aaaatchim! Editorial: O pequeno livro dos recordes (ilustrado por Camila Piló) e O zoológico da Sofia (ilustrações do Sebastião Nuvens).

O lançamento foi em abril, na Scriptum, durante a Passarela Literária, um projeto muito legal da editora que lançou esses livros e muitos outros, em livrarias diferentes, mas no mesmo dia e horário.

Alguns dias depois, fui convidado para conversar, sobre os livros, com alunos do Coleguium:

O escritor fala para os alunos do Coleguium

O escritor fala para os alunos do Coleguium

No início de agosto, recebi outro convite, dessa vez para um encontro com alunos de uma escola municipal de Sabará. O grande barato é que, antes de minha conversa com eles, a professora fez um trabalho com os estudantes, que leram O pequeno livro dos recordes e fizeram desenhos que tinham a ver com a estória. Vejam aqui:

Desenhos dos estudantes de Sabará

Desenhos dos estudantes de Sabará

Foi muito bacana também a conversa nesse dia.

Vejam, agora, a Julia e a Sofia durante a viagem para Governador Valadares:

Julia e sua irmã Sofia a caminho de Governador Valadares

Julia e sua irmã Sofia a caminho de Governador Valadares

Julia, volte logo, seus leitores estão com saudade.

E um bom feriado a todos!

PS- Quer saber mais sobre os livros? Vá ao blog da editora: http://aaatchimeditorial.blogspot.com.br/

(Faber)

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Poemilha

Conheço muita família

Mas não uma como a de Emilia

Que gosta tanto de baunilha

Mas também come:

Ervilha, pastilha, tortilha

Mas tem que ter gosto de baunilha

(Julia Ferreira)

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 4 Comentários

Minhas estórias em quadrinhos

Imagem

 

(Vocês perceberam que, na revista, quadrinhos está escrito errado é uma pegadinha)

Faço estórias em quadrinhos para vender já tem um tempinho e gosto muito porque afinal gosto de divertir as pessoas ao meu redor e essa é uma edição que estou para terminar. Também não se assustem com o preço, essa é mais cara, pois tem muita pagina e se vocês estiverem curiosos com os personagens e os títulos das estórias, eles são:

  • Doutor Fail
  • Mr. Cuecão
  • Regras de sobrevivências do menino dentuço
  • Cão pirata
  • Os melhores livros para se ler

(Julia Fraga)

 

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | 2 Comentários

Reportagem com a princesa Sofia

– Bom dia. Hoje no jornal Princesas Maluquinhas vamos falar com a princesa Sofia. Continuaremos com a jornalista Bianca.

– Bom dia, senhora Narradora.

– Bom dia, Bianca.

– Bom, hoje vou fazer uma exclusiva reportagem com a princesa Sofia, fiquei sabendo que já é conhecida no mundo todo. Então vamos começar. Bom dia, senhora Sofia.

– Bom dia, Bianca.

– Como a senhora sabe, estamos aqui para fazer uma entrevista. Vamos à primeira pergunta. Por que você tem mais de 100 sapatos e todos os pares estão faltando um pé?

– Sabe, senhora Bianca, eu sou prima da Cinderela. Temos que ser parecidas, então ela me passou um meio presente: eu iria perder um par de meu sapatinho, mas ela esqueceu de falar onde achar os sapatos.

– E por que só come maçã perto de príncipe?

– Minha tia, a senhora Branca de Neve, falou, como todas as tias, que gostaria de passar alguma coisa que era dela. Então, toda vez que eu como maçã eu desmaio.

– Hum, interessante. Me responde mais uma pergunta?

– Claro!

– Por que você não costura?

– Eu não costuro não é por que eu não goste. É porque sou irmã da Bela Adormecida e ela falou que sempre quis costurar  mas nunca pôde. E então falou que eu também não poderia costurar.

– Ah, tá bom, fica com Deus, um beijo.

-Beijo.

-E faça mais um episódio do jornal Princesas Maluquinhas!

(Julia Fraga)

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 6 Comentários

Bastidores de “Queijo com goiabada”

Esta crônica é resultado de uma atividade de escola. A professora propôs que os alunos fizessem uma crônica inspirada em um trecho de três cronistas, à escolha deles. A Julia gostou de “Rapadura”, de Rachel de Queiroz. 

O trecho é este: “Outro dia foi presa uma senhora porque numa banca de mercado, em pleno sábado de feira, agrediu a rival com uma rapadura, dando-lhe uma tijolada que exigiu doze pontos no couro cabeludo. Rapadura é arma perigosa, um paralelepípedo de doce bruto, pesado e com arestas. Batendo de quina pode até matar (…)”

(Faber)

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário