Queijo com Goiabada

Dois caipiras, um senhor e uma menina, estavam conversando:

-Hoje estava contando pra mamãe a mesma coisa que vou te contar, seu Manoel. O sinhô ficou sabendo que sua irmã foi presa?

-Craro que não, minina! Me conte isso direito.

– Espere um pouco que vou contar detalhe por detalhe pro sinhô! Mas primeiro vou pegar um copo d’água pro sinhô.

Depois que o velho bebeu toda a agua, voltaram à conversa:

-Ô seu Manoel, eu fui à delegacia ontem à tarde (não me pergunte o que a garota foi fazer lá, sou apenas a narradora) e eu vi dois policiais prendendo dona Ernestina, sua irmã. Como o sinhô sabe, sou uma minina curiosa, então perguntei o que dona Ernestina havia feito. E o sinhô não vai acreditar….

-Conta logo, minina, eu tô curioso!

-De acordo com o policial, ela matou um homem com uma das melhores combinações de doces do mundo. Queijo com goiabada!

-Vixi, será que minha irmã me dá a casa dela?

E esse é um legitimo amor de irmão.

(Crônica da Julia Ferreira)

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Melhor livro da série Bat Pat (em minha opinião)

Bom, o melhor livro é o “Monstro do Esgoto”, que é o quinto da série.

Em minha opinião, esse livro é infantil porque pode ser lido por quem se tem 10 anos ou menos.

Gostei muito desse livro.

A história se baseia em um medroso morcego que é escritor, mas é influenciado pelos seus 3 amigos que, na verdade, são humanos: Martin, Leo e Rebeca.

Eles o levam em diversas aventuras e, entre elas, a caça do material que estava deixando o lago sujo.

Recomendo lerem essa série ate o final, e boa leitura.

(Julia Ferreira)

Imagem

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O primeiro livro da Julia

Imagem

Nesta noite de quinta, 3 de outubro, a Julia lançou seu primeiro livro, “E se fosse comigo”. E sua família, orgulhosa, estava lá, para vê-la dar seus primeiros autógrafos, juntamente com seus colegas de sala. É um projeto muito legal de sua escola, em que os livros são padronizados, mas cada aluno publicou seu texto. Eram apenas 6 exemplares, então não deu para convidar todos os amigos. Quem esteve lá? Papai e mamãe, a vovó Celeste, a Sofia, os tios Ceil Jr., Márcio e Dani. Davi, seu primo E, convidado de honra, o Jaime Prado Gouvêa. Antes do lançamento coletivo, a turma tocou algumas peças instrumentais. A Julia foi de violão.

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 3 Comentários

A princesa Sofia

Era uma vez, em um reino muito conhecido no Brasil que se chamava Belo Horizonte, existia uma rainha e um rei que tinham uma filha chamada Sofia.

Ela era meiga, bonita e deixava inveja em todos com sua beleza, até numa rainha chamada Blefúcia, que era muito má e vivia no reino das trevas.

A menina ia fazer 1 ano e o rei e a rainha convidaram todo mundo e quando eu digo todo mundo é todo mundo MESMO.

Fizeram a maior festa, que qualquer criança podia imaginar….

A menina adorava o  Black Eyed Peas e, de surpresa, o rei os convidou  para agradar a filha.

Mas o rei esqueceu-se de convidar 2 pessoas  o Adolf Rither e a rainha Blefucia, e, de raiva, os dois juntaram suas forças do mal e o plano dos dois foi o clássico: foi simples e prático.

Eles dois, no dia do aniversário, iriam aparecer e amaldiçoar a princesa (típico…).

Então, foi assim: esperaram contando os minutos (só faltavam 2 minutos).

E foi assim Chegou a hora da festa. Adolf colocou um terno muito esquisito e sandálias.

A rainha colocou o seu pior vestido, seu pior perfume, sua pior sandália.

Enfim, eles foram para a festa e, quando chegaram, a rainha entrou pela janela e chegou e falou as palavras aterrorizantes: que a menina, quando fizesse 12 anos, iria morrer (típico de novo…).

Mas uma fada gordinha, que estava no fundo da mesa de doce, que não tinha dado seu presente (ia entregar depois) ouviu o que a rainha do mal havia falado e disse que não podia tirar o feitiço, mas podia deixar ele menos trágico.

E foi que ela fez.

A princesa Sofia só dormiria por 1 dia  e a Sofia ia ficar com eles até os 12 anos de idade.

O tempo foi passando, até que um dia ela foi passear na floresta  e achou o príncipe Frederico, que se apaixonou.

Só que, quando eles se olharam, ela já tinha 12 anos e podia cair desmaiada por causa do feitiço.

Eles começaram a dançar e ela desmaiou.

Quando eles iam se despedir, ele achou que ela estava  morta e, como despedida, deu um beijo na sua boca.

Ela levantou e a bruxa e Adolf morreram  e ninguém sabia por que, pelo menos até hoje.

E todos, menos a bruxa e Adolf, fizeram felizes Para Sempre.

(O primeiro conto de Julia Ferreira, escrito em junho de 2012.)

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 6 Comentários

Melhor livro da série Os Heróis do Olimpo (em minha opinião)

Bom, este, em minha opinião, é o melhor livro da série até agora pois faz o encontro de todos os personagens e ainda é nesse livro que a profecia dos sete semideuses está sendo cumprida.

E os romanos e os gregos têm que se unir, juntamente com os Deuses, para tentar destruir os gigantes que querem dominar o mundo.

E os próprios gigantes, precisamente, querem acordar sua mãe, ou seja, Gaia.

Porém Gaia, para se proteger dos semideuses, envia diferentes tipos de monstros e gigantes, que são seus filhos, para supostamente atrapalhar o caminho dos sete heróis.

Ainda não acabei de ler o livro, assim que terminar, escrevo de novo.

Agora, só falta ler o quarto livro da coleção, que é Casa de Hades.Imagem

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O cão

Em pleno sábado um homem saiu para passear com seu cachorro.

Passou por vários lugares lindos.

o ultimo lugar em que o homem resolve ir é em uma pracinha muito humilde, mas muitos cães brincam lá.

Chegando na praça,  o homem se depara com uma antiga amiga.

Começaram a conversar e, para que o cão parasse de perturbar,  soltou-o para que o animal fosse brincar.

Depois de muita conversa, o homem pega o cachorro e amarra a coleira que estava no cão em um poste que estava atrás deles.

E continuou a conversa.

Quase na hora de ir embora, o homem perguntou à mulher:

-Ei, espere você lembra onde está o meu cão?

-Não – responde a moça.

O homem começa a se desesperar

-Onde será que ele se meteu?

Então o homem vira de costas e encontra o cachorro preso ao poste.

O cachorro começa a latir. A mulher começa a rir da situação.

-Onde já se viu homem tão distraído?

(Julia Ferreira)

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Aqui vamos nós!

Aqui vamos nós!

Esta foto foi tirada em Arraial d’Ajuda, no sul da Bahia, no final de 2011. O texto de estreia de nosso blog é um conto da Julia, chamado “Cidades”. Até a próxima.)

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Cidades

Um dia, um homem levou seus dois filhos para conhecer uma cidade do interior que, por acaso, era do lado de mais duas que se pareciam muito. Haviam ficados ansiosos, afinal, quem não conhece criança? Não suporta ficar no carro.

Depois de cinco longas horas chegaram ao seu destino.

O menino com o nome de Thomas foi logo perguntando ao pai:

– O senhor sabe que tem cinema nessa cidadezinha?

-Sim, filho, na segunda à direita – respondeu o pai – chama se Mutante.

 Quando o filho virou a segunda à direita, avistou o cinema, só que o nome era Rex.

O menino e sua irmã, Maria, aproveitaram para ver um filme, Quando acabou a sessão, foram para o hotel, e o pai perguntou ao balconista:

– Dá licença, aqui é o hotel Bons Sonhos de Formigas?

– Não, senhor. Como será o hotel de Formigas se aqui é Teoflotones? 

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário